Os mecanismos do câncer

Esse nome é motivo para desespero de qualquer pessoa, visto que muitas mortes ocorrem por causa dessa enfermidade, além de que o tratamento é muitas vezes agressivo e pode ser ineficaz. Os mistérios do câncer ainda intrigam cientistas, que buscam constantemente fórmulas diferenciadas para conseguir curar um indivíduo de uma forma que traga o bem-estar completo novamente para o paciente. Graças ao avanço da ciência, muitos casos já foram solucionados, mas ainda há um longo trajeto para que todas as facetas dessa doença tão misteriosa e imprevisível sejam decifradas.

Ao longo do tempo, os especialistas conseguiram entender melhor como funciona o câncer, que teoricamente não se caracteriza como uma doença em si, mas sim como um defeito do próprio organismo, o que desencadeia o mal funcionamento do corpo e consequentemente a morte.

Deve-se salientar que, em primeiro lugar, a palavra é destinada para designar um conjunto extenso de disfunções com perfil de crescimento desordenado e maligno de células do corpo humano.

Como o funcionamento desses tecidos cancerígenos estão em mal funcionamento e totalmente em desacordo com o sistema natural do organismo, a tendência é que a multiplicação das células “erradas” ocorra incontrolavelmente.

Por isso, há a formação de um tumor, que é o nome dado ao agrupamento de células malignas que cresceram em desordem e mal funcionamento.

O câncer é classificado conforme o órgão atingido. Por isso, há casos em todo o mundo. Como todo o sistema humano pode sofrer mutações, então é possível existir mal funcionamento em qualquer órgão ou sistema. Há ainda especificidades e categorias cada vez mais exclusivas.

Por exemplo, a pele pode sofrer com mais de um estilo de câncer, visto que há diferentes modelos celulares que compõem a região da derme. Nos piores casos, o problema se agrava por meio da metástase, na qual o câncer se espalha para diversas outras partes do corpo.

Alguns fatores de risco envolvem a idade, os hábitos de vida, histórico familiar, condições de saúde e também fatores ambientais. No entanto, deve-se frisar que o câncer pode aparecer em qualquer situação e com qualquer pessoa.

As pessoas podem apresentar sintomas como:

  • Fadiga
  • Tosse persistente
  • Dificuldade em engolir
  • Rouquidão
  • Febre
  • Suor noturno

Alguns dos especialistas para tratamento são:

  • Oncologistas
  • Radioterapeutas
  • Hematologistas
  • Cirurgiões

As principais formas de diagnóstico são:

  • Biópsia do tumor
  • Exames de sangue
  • Biópsia da medula óssea
  • Radiografia
  • Tomografia computadorizada
  • Ressonância magnética

Entre os mais variados tratamentos, os principais buscam a cura através de:

  • Cirurgia
  • Radioterapia
  • Quimioterapia