Formas de lidar com o estresse

Segundo especialistas, uma das principais doenças do nosso século é o Estresse, que, cada vez atinge pessoas de diversas idades. Suas principais características são as sensações de medo, desconforto, irritação e preocupação. Confira algumas formas de lidar com o estresse, e saiba identificar os sintomas.

O Estresse pode acontecer em várias fases da vida, principalmente quando o indivíduo está passando por mudanças, pressões ou preocupações, seja no trabalho, nos estudos ou na vida pessoal. Pode-se dizer que é uma doença psicológica do novo século e está relacionada com situações de dificuldade de lidar com as pressões do dia-a-dia.

O primeiro passo para acabar com o Estresse é identificar sua origem e encontrar maneiras de enfrentar a situação complicada que está enfrentando. Encontrando as causas, pode-se optar por superar o problema ou afastar-se dele. Recomenda-se também deixar extravasar as emoções, saber se expressar e dizer o que sente, são maneiras de aliviar a dor.

Mas não é apenas a mente que precisa relaxar, o corpo também precisa descansar, então é bastante recomendado a prática de atividades físicas, fazer uma alimentação balanceada, fazer massagens e até mesmo reservar um tempo para sí, fazer aquilo que gosta de o faz se sentir tranquilo, além de dormir bem, pois é a principal forma que o organismo tem de reduzir o estresse.

Os sintomas do estresse podem ser físicos e mentais, tais como:

Sintomas Emocionais do Estresse:

  • Irritabilidade;
  • Impaciência;
  • Ansiedade;
  • Insônia;
  • Depressão;
  • Falha de memória;
  • Dificuldade de concentração;
  • Tiques nervosos.

Sintomas Físicos do Estresse:

  • Cansaço;
  • Dores nas costas e no pescoço;
  • Aumento da frequência cardíaca (batedeira);
  • Pressão alta;
  • Azia;
  • Diarreia;
  • Gastrite;
  • Úlcera;
  • Enjoo;
  • Coceiras pelo corpo;
  • Resfriados frequentes;
  • Boca seca.

Ao sentir esses sintomas, você deve procurar um profissional da área a Psicologia, que vai lhe orientar e ajudar a organizar o pensamento e administrar melhor os problemas. Não deixe de se tratar, com o tratamento adequado, sua qualidade de vida só tende a melhorar.