Principais disfunções respiratórias do meio urbano

O meio urbano mudou completamente a forma de viver das pessoas. Com a evolução tecnológica e o desenvolvimento do ramo terrestre, muitas pessoas migraram do campo para a cidade e isso passou de geração em geração até a situação encontrada atualmente. No entanto, o planeta já mostra sinais da degradação do meio ambiente devido aos excessos ocorridos nas indústrias, que liberam substâncias tóxicas e prejudiciais ao planeta e também ao corpo humano. Além do mais, a estruturação das cidades sem a presença das áreas verdes e naturais promovem uma série de malefícios, ilhas de calor e outros fatores que desencadeiam crises respiratórias encontradas em muitos cidadãos. Leia Mais

A febre e o perigo de desnaturação de proteínas

O corpo humano utiliza várias ferramentas para avisar sobre qualquer situação diferente e incomum que possa ocorrer dentro do seu sistema. Um dos mecanismos utilizados é a febre, que se caracteriza pelo aumento da temperatura corporal e que atrapalha o funcionamento natural do corpo.

Seu processo altamente associado com ocorrências de doenças e mal-estar em geral, pois a febre é um aviso do corpo de que algo está errado, como nos casos de vírus, bactérias e outros invasores do organismo que podem se alojar no indivíduo e causar uma série de sintomas desagradáveis. O maior perigo da febre é a desnaturação de proteínas naturais do corpo. Leia Mais

A gripe não tem cura

O inverno se aproxima e uma das maiores preocupações da sociedade se trata de um vírus muito comum e recente no cotidiano brasileiro que é o da gripe. Pode-se dizer que praticamente todo mundo já ficou com aquele mal-estar que gera coriza e ocupa todas as vias respiratórias do corpo humano, além de outros sintomas desagradáveis como a febre e a indisposição geral. É fato também que esse vírus se modifica em todo momento e isso culminou em algumas epidemias como da gripe suína, espanhola e outras ao longo da história da humanidade. Leia Mais

Os principais invasores do corpo humano

Ficar doente é uma situação complicada em qualquer nível de mal-estar que possa atingir o corpo humano. As pessoas ficam indispostas e com aquela sensação de não conseguir render o que deveriam ou poderiam é algo que desagrada e traz a impressão de impotência. Ao consultar um médico, por meio do sistema público de saúde brasileiro, de forma particular ou então por meio de uma assistência de saúde, o paciente recebe algumas orientações sobre medicamentos e outros tratamentos que servem para eliminar invasores do corpo humano. No universo microbiológico, há uma infinidade de seres capazes de fazer mal ao corpo humano. Conheça abaixo os principais deles: Leia Mais

Doença do Sono

Popularmente chamada de Doença do Sono, a Tripanossomíase Humana Africana (HAT, na sigla em inglês) é uma infecção oriunda de um parasita, que se transmite através da mosca Tsé-tsé. A doença ataca o Sistema Nervoso e pode ser fatal se não for tratada adequadamente.

Embora não tenha ocorrência no Brasil, devemos ficar atentos aos sintomas, pois podem afetar pessoas que visitam regiões da África, onde há registro de cerca de 100 mil pessoas infectadas. Leia Mais

O que são doenças psicossomáticas

Muitas vezes ignoradas pela população, as doenças conhecidas como psicossomáticas afetam de maneira significativa a qualidade de vida de todos. Geralmente, essas patologias possuem características físicas comuns, mas não são curadas com o uso de medicamentos. Ou então, o paciente percebe uma melhora no quadro, mas que não dura por muito tempo. Tudo isso acontece por causa de um fator mental que desencadeia reações adversas no organismo. Leia Mais

Os mecanismos do câncer

Esse nome é motivo para desespero de qualquer pessoa, visto que muitas mortes ocorrem por causa dessa enfermidade, além de que o tratamento é muitas vezes agressivo e pode ser ineficaz. Os mistérios do câncer ainda intrigam cientistas, que buscam constantemente fórmulas diferenciadas para conseguir curar um indivíduo de uma forma que traga o bem-estar completo novamente para o paciente. Graças ao avanço da ciência, muitos casos já foram solucionados, mas ainda há um longo trajeto para que todas as facetas dessa doença tão misteriosa e imprevisível sejam decifradas. Leia Mais