Como funciona o processo que desencadeia as alergias

Algumas pessoas têm mais, outras menos, mas é difícil encontrar alguém que nunca passou por nenhum fator de alergia em toda a vida. Muitas vezes, essa reação do organismo é descoberta ainda nos primeiros dias ou meses de vida, enquanto outros casos são vistos somente com o passar do tempo e de acordo com os hábitos de vida e acontecimentos de cada um. A alergia varia também conforme o nível de intensidade e vale destacar que nem todo perfil alérgico funciona com todos e também não ocorrem com a mesma força, pois cada organismo é único.

De acordo com médicos especialistas, a alergia nada mais é de que uma reação de hipersensibilidade no corpo humano. Ou seja, quando há algum estímulo externo que provoca um alerta, existe o desencadeamento de uma série de fatores de defesa que provocam as conhecidas coceiras, irritações, inchaços e demais sintomas desagraváveis.

Ou seja, o organismo, que é predisposto geneticamente, se assusta com algum material ingerido, tocado, etc, e assim busca se defender de maneira exagerada. Conheça agora os principais desencadeadores de alergias:

  • Alimentos

Aqui, deve-se frisar que não deve existir confusão de uma alergia alimentar com intolerância, pois a alergia é uma reação de defesa do corpo, enquanto a intolerância tem a ver com reações adversas do corpo mas sem envolver o sistema de defesa.

Geralmente as substâncias envolvidas que resultam na alta sensibilidade do corpo estão presentes amendoim, frutas secas e frutos do mar. Porém, qualquer alimento pode causar alergia e um médico deve ser consultado em qualquer suspeita.

  • Pele

Esse estilo alérgico provoca incômodos como coceiras, inchaço, erupções e outros desconfortos. Certos sabonetes e tecidos podem desencadear esse processo, principalmente no inverno, quando há a utilização de blusas mais grossas e feitas de materiais como lã.

  • Respiração

Essa alergia é causada por fatores presente no ar que respiramos. Os maiores exemplos são ácaros, poeira, pólen das plantas, mofo e outros. Quem sofre desse desconforto desenvolve sintomas como espirros, dores de cabeça e até mesmo rinite e sinusite.

  • Medicamento

Talvez uma das reações mais perigosas do organismo, a alergia aos medicamentos pode resultar na morte do indivíduo dependendo da intensidade e do tamanho da dose aplicada. Os principais sintomas incluem náusea, vômito, coceira, anafilaxia e inchaços.